Contato: (88) 3511 5357 - Email: blendseguros@blendseg.com.br

Quarta, 20 Junho 2012 00:00

Você sabe como funciona o seguro do seu automóvel?

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)


Quanto ao Pagamento

Você pode optar de acordo com o suas necessidades e com as possibilidades que a seguradora oferece, por exemplo, débito em conta, boleto bancário ou até mesmo cartão de crédito. Pode ser que a seguradora solicite uma vistoria prévia de seu automóvel, para verificar seu estado de conservação. Por isso é muito importante confirmar os dados de contato no momento da contratação do seguro.

Recebimento da Apólice

Após a aceitação do risco, a seguradora emite uma apólice que é enviada ao segurado, contendo as condições do seguro e boletos bancários, quando for o caso. Grande parte das seguradoras envia as apólices diretamente ao endereço do segurado, por isto é importante confirmá-lo na contratação e atenção – somente as seguradoras emitem apólices de seguros.

Procedimentos no caso de sinistro

Primeiramente, o que é sinistro?

Sinistro refere-se a qualquer evento em que o bem segurado sofre um acidente ou prejuízo material. Representa a materialização do risco, causando perda financeira para a seguradora. No caso de sinistro o segurado deve atentar para as providências necessárias para que tudo corra bem para o recebimento da indenização.

Para que você não seja pego desprevenido na ocorrência de algum imprevisto, é aconselhado ter o número da central de atendimento da seguradora em locais de fácil acesso, por exemplo, no celular, porta-luvas do carro, adesivo, para que se possa avisar os sinistros e chamar os serviços de assistências. No caso de acidente de automóvel, elaboramos um guia rápido que contém orientações de como proceder em emergências.

Casos emergenciais de acidentes

Procure ficar calmo e divida as tarefas se possível. Afaste as pessoas e veículos das pistas de rolagem. É importante nunca remover do veículo pessoas que apresentem danos corporais para evitar lesões mais sérias, especialmente na coluna.

Caso haja pessoas presas nas ferragens e/ou incêndio ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros, fone 193. Sinalize o local acionando o pisca-alerta e coloque o triângulo (do porta-malas) a uma distância segura para evitar novos acidentes (limite da pista 80 km/h, 80 passos longos; 100 km/h, 100 passos… em caso de chuva, neblina, fumaça ou à noite dobre a distância).

Acione os telefones de urgência: 190 – POLÍCIA MILITAR ou 191 – POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL, 198 – POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL, 192 – SAMU – SERV. DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA (acidentes com vítimas), 193 – CORPO DE BOMBEIROS (pessoas presas a ferragens, incêndio, locais instáveis como valas e ribanceiras, vazamento de líquidos)

Dica: Existem aparelhos telefônicos ao longo das rodovias com pedágio

Verifique a situação das vítimas e adote se possível as medidas de primeiros socorros, procure também identificar os envolvidos no acidente (placas dos veículos, objetos, pessoas e dados para contato) e também de eventuais testemunhas (isto é importante para evitar surpresas como inversão de culpa e acionamentos judiciais alegando, por exemplo, omissão de socorro).

Após isso, registre uma ocorrência policial relatando os acontecimentos, os envolvidos, as causas e os danos provenientes do acidente. Registre preferencialmente no local do acidente ou numa delegacia mais próxima.

Se possuir seguro, comunique o sinistro na central de atendimento da seguradora. Este canal também deverá orientar sobre a remoção do veículo para uma oficina, o retorno ou prosseguimento de viagem para os passageiros, bem como todos os demais procedimentos emergenciais com os bens segurados e as pessoas envolvidas.

Se houver veículos terceiros envolvidos, solicite a eles que não consertem os carros antes de uma vistoria da seguradora (normalmente em até 48 horas do aviso). As oficinas credenciadas geralmente dão desconto na Franquia e tem seu serviço avaliado pela seguradora (dê preferência às oficinas indicadas pela central de atendimento).

A cobertura para carro reserva (quando contratada) dá direto a um carro de locadora pago pela seguradora até o conserto do veículo ou a constatação de indenização integral. Em alguns casos esta cobertura é liberada somente quando o veículo é encaminhado para oficinas referenciadas da seguradora.

Alterações na apólice (endossos) O segurado deve informar ao corretor ou diretamente à seguradora eventual alterações no seguro.

Dica: É importante informar estas alterações para evitar problemas na ocorrência de sinistros.

Cancelamento do seguro 

O seguro pode vir a ser cancelado, caso o segurado deseje e em alguns casos como, por exemplo, a venda do bem, ou por parte da seguradora, no caso de, por exemplo, por falta de pagamento dos prêmios. Nestes casos é utilizada uma tabela de proporcionalidade para o cálculo do prêmio e eventuais restituições ao segurado e também do período de cobertura do seguro.

 Renovação do seguro       

Normalmente os corretores, ou em alguns casos as seguradoras fazem contato com o segurado um período antes do vencimento da apólice para oferecer a renovação do seguro.

Dica: Confirme seus dados, informe eventuais alterações ainda não realizadas através de endossos. Aproveite para avaliar se as coberturas estão adequadas às suas necessidades.

 

Fonte: Smartia

Lido 261120 vezes Última modificação em Quarta, 02 Setembro 2015 15:09

Sobre Nós





Corretora de seguros atuante de maneira diferencial, atendendo seguros de vida, saúde, automóveis, empresarial, transportes, equipamentos e profissionais liberais

Contato

Entre em contato com a gente, agende uma visita.

  Av. Padre Cicero, 2200, Triângulo
  (88) 3511-5357
  blendseguros@blendseg.com.br